Facebook Twitter Instagram Feed RSS  Carrinho de compras (0)
HOME LOJA REVIEWS NOTÍCIAS GUIA DE POKER QUEM SOMOS DÚVIDAS CONTATO
 
REVIEWS

Kill Everyone
Elimine seus adversários

O Full Tilt Monte Carlo Invitational foi um tipo raro de torneio - ele foi televisionado ao vivo com todas as cartas fechadas sendo mostradas em todas as mãos. Os telespectadores puderam ver cada mão sendo jogada, em vez de apenas os melhores momentos vistos na maioria dos programas de poker, que eliminam as mãos nas quais alguém aumenta e todos desistem, exatamente o ganha-pão de um torneio real. Ao analisar de perto essas mãos “entediantes”, você pode aprender muito sobre a estratégia SNG adequada.

O formato foi semelhante a um SNG “turbo” online com sete jogadores da elite do Team Full Tilt: Phil Ivey, John Juanda, David “Devilfish” Ulliot, Chris Ferguson, Gus Hansen, Phil Hellmuth e Mike Matusow. O torneio inteiro precisava terminar em quatro horas, então os blinds subiam muito depressa. Abordaremos todas as mãos, começando quando só havia quatro jogadores restando19.

A premiação totalizava incríveis um milhão de dólares e pagava os três primeiros lugares:

1º Colocado

$ 600.000

2º Colocado

$ 280.000

3º Colocado

$ 120.000

Essa estrutura de prêmios era um pouco mais concentrada do que a de um SNG que pagasse 50/30/20, então os fatores bolha médios são menores no início. Lembre-se que, quanto mais concentrada a estrutura de premiação, menores os fatores bolha.

Jogadores Restantes

Fatores Bolha em Monte Carlo

Fatores Bolha “Padrão” em SNG

4

1,53

1,88

3

1,33

1,33

2

1,00

1,00

Nós consideramos a ação logo depois de Gus Hansen ter sido eliminado em quinto lugar. Os quatro jogadores rerstantes estão próximos em quantidade de fichas. David Ulliot vinha jogando de forma muito agressiva, e tinha acabado de perder a liderança em fichas que ele vinha mantendo durante a maior parte da noite. John Juanda e Phil Ivey estavam ambos muito tight até o momento, e não tinham aumentado muitas mãos. O comentarista Howard Lederer disse que achava que Chris Ferguson havia estudado a matemática de situações short-stacked mais do que os demais jogadores, e podia ter uma vantagem. Ivey, por outro lado, de acordo com Lederer, parecia um pouco desconfortável, estando muito mais acostumado ao jogo com grandes stacks. Howard chamou isso de “nivelamento do field de jogo”, pois considera Ivey o melhor jogador do mundo. Perceba que nenhum jogador tem um ISF de 10 ou maior e, quando passamos a acompanhar a ação, uma rodada custava 36.000.

Jogador

Fichas

ISF

Posição

Cartas

Ação Pré-flop

Ivey

181.000

5,0

Cutoff

Q 10

Fold

Ferguson

228.000

6,3

Button

3 2

Fold

Juanda

296.000

8,2

SB

J 8

Fold

Ulliot

295.000

8,2

BB

A 3

-

Uma mão rotineira aconteceu quando a mesa rodou em fold até Ulliot no BB. Ivey teve uma oportunidade de lucro limítrofe e recolheu os blinds. Se todos estivessem jogando de maneira ideal, Ivey deveria empurrar com as 27% melhores mãos nessa situação, e seria pago pelos outros jogadores 8%, 10% e 11%, respectivamente. Q-10o está bem no limite, mas é provável os oponentes dele joguem de maneira mais tight que a solução de equilíbrio, considerando que Ivey não vinha sendo muito agressivo. Se presumíssemos que os seus oponentes pagariam apenas 7%, 8% e 9%, não empurrar com Q-10o representaria uma perda de cerca de $6.000 em EV de prêmio... mas Devilfish pode não jogar tão tight. Ivey sabe que Uilliot vinha sendo o jogador mais agressivo da mesa, que ele tem a reputação de defender os seus blinds e que é dividia a liderança em fichas. Ele, prudentemente, decide descartar.

Se Ivey fosse empurrar, Ulliot não deveria pagar com A3o. Ulliot tinha pot odds de 1,32-para-1 e um fator bolha de 1,18, totalizando odds de torneio de 1,12-para-1. A3o é mais fraca do que as mãos incluídas nas tabelas das páginas 172-175, mas pderemos utilizar a tabela da página 176. Com odds de torneio de 1,12-para-1, nós podemos dar call cerca de 50% das vezes em que ele empurrar. Como A3o está na faixa dos 25%, Ivey precisaria empurrar com 50% das suas mãos para tornar o call lucrativo.

TÍTULO: Kill Everyone
AUTORES: Lee Nelson, Tysen Streib e Steven Heston
NÚMERO DE PÁGINAS: 420
PREÇO: R$ 74,90
DISPONÍVEL EM: www.raiseeditora.com
 

 

Card Player Brasil - Ed 114
R$14,90
3x sem juros de R$ 4,97
Segredos do Pot-Limit Omaha – Short Handed
R$46,90
3x sem juros de R$ 15,63
Pot Limit Omaha: O Pensamento Vencedor
R$44,90
3x sem juros de R$ 14,97
 

Entre em contato conosco pelo telefone 31 3225-2123 ou envie um e-mail para contato@raiseeditora.com
Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Familia - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490

NAVEGUE PELO SITE:
Home - Loja - Reviews - Noticias - Guia de Poker - Quem Somos - Duvidas - Contato - Revista Card Player Brasil
® 2007 - 2017 Raise Editora - www.raiseeditora.com          EV SSL Certificate