Facebook Twitter Instagram Feed RSS  Carrinho de compras (0)
HOME LOJA REVIEWS NOTÍCIAS GUIA DE POKER QUEM SOMOS DÚVIDAS CONTATO
 
REVIEWS

O Poker Como Negˇcio
Onde termina o hobby e comeša o business

O que homens de negócio e jogadores de poker têm em comum? Muito mais do que você imagina. Tomadas de decisão constantes, conhecimento da estratégia da concorrência e avaliações de risco são apenas algumas das semelhanças entre ambos. Em O Poker Como Negócio, você aprenderá os conceitos que interessam tanto a empresários quanto a jogadores. Seja na mesa de poker ou de reuniões, tratam-se de habilidades crucias para se definir o grau de sucesso de qualquer empreitada. O autor, Dusty Schmidt, é formado em Administração e decidiu aplicar os seus conhecimentos no poker. Desde então, já ganhou mais de quatro milhões de dólares jogando. Agora, ele decidiu aventurar-se no mundo da literatura. O resultado é uma obra inovadora e surpreendente que fará você enxergar o mundo dos negócios e o das fichas sob um ângulo inteiramente novo.

CAPÍTULO 12 (p. 61)

NÃO OLHE PARA O CAIXA


Tenho um bom amigo que era gerente de vendas há muito tempo na área de publicidade. Ele uma vez me disse que uma característica importante que os seus melhores vendedores tinham em comum é que eles nunca olhavam os seus números até o final do mês. Assim, os seus esforços se mantinham constantes quando os tempos eram bons, e quando os tempos não eram tão bons, eles não se sentiam indevidamente pressionados pelo passar do mês.

Embora eu não seja vendedor, isto é algo que aplico ao meu negócio de poker. Sou uma das poucas pessoas que conheço no poker online que não olha para o caixa até o final do mês. Eu não vejo vantagem em olhar. Se estiver jogando bem, há uma boa chance de me tornar protetor do meu dinheiro, como um time de futebol que está à frente pode entrar no modo de defesa, em vez de jogar com a força que o colocou na liderança, para início de conversa.

Ao não olhar para o caixa, me mantenho comprometido com o processo de pensamento e com o que estou tentando conquistar. Os resultados interferem com este processo de pensamento. Aqueles que estão se saindo realmente mal, por exemplo, podem subir de stakes tentando compensar as suas perdas.

Ainda pior, uma fase ruim pode fazer você pensar que precisa continuar jogando, independente das apostas. Se você estiver perdendo, pode ser simples falta de sorte ou pode ser um jogo ruim. As chances são certamente maiores de o seu jogo estar ruim quando você estiver perdendo dinheiro. Ironicamente, é neste momento que as pessoas tendem a jogar por mais tempo. Considerando que estão em uma fase ruim, jogam mais quando não estão no seu melhor momento.

De forma contrária, há um instinto de parar quando se está à frente, como se dissesse: “Acabei de ganhar $10.000 nos meus primeiros 20 minutos. Por que não vou jogar golfe?” Mas é exatamente nesse momento que você deve continuar jogando. É assim que se consegue dias nos quais você ganha $20.000 a $30.000. Você continua jogando.

Acredite ou não, quando os jogos estão ruins e estamos pensando de maneira ruim, ficamos propensos a continuar jogando. Mas quando os jogos estão melhores, e estamos pensando o nosso melhor, ficamos propensos a parar. A maioria de nós joga nossas mais longas sessões nas piores circunstâncias. Uma vez ouvi um sujeito dizer: “Sabe como nunca perco no poker? Jogo até não estar mais perdendo”. Pensando nisso, ouço comentários como este o tempo todo.

Todos nós conhecemos sujeitos que jogaram 30 horas seguidas antes de saírem do lugar. Isso é completamente desnecessário – você teria ganhado no início da sua próxima sessão se tivesse parado para descansar.

Houve meses que comecei perdendo $30.000. Mas ignoro o caixa. Não quero ter que lidar emocionalmente com a perda. Duas ou três semanas se passam, e eu finalmente vejo o caixa, descobrindo então que estou com um lucro de $35.000. Verei o gráfico do histórico e, lá está, eu havia perdido $30.000, só para ganhar $65.000 logo depois.

Ao não olhar para o caixa, sempre me sinto como um vencedor. Esta pode ser uma muleta psicológica, mas funciona.

Ao contrário do seu balanço no caixa, o número que você tem que manter em mente é a sua taxa horária. Se ela estiver constante, ou tiver tendência a subir, você sabe que está melhorando como jogador e que a sua estratégia geral é boa.

Este conselho se aplica contanto que você esteja seguindo o que eu disse anteriormente para manter 100 buy-ins no seu bankroll. Se você ainda não chegou a esse ponto, pode ter que dar uma olhada no caixa para ter certeza de que não está com problemas sérios de bankroll.


TÍTULO: O POKER COMO NEGÓCIO – ONDE TERMINA O HOBBY E COMEÇA O BUSINESS (Treat Your Poker Like A Business – An Inspiring Guide To Turning a Hobby Into An Empire).
AUTOR: Dusty Schmidt.
NÚMERO DE PÁGINAS: 194 páginas.
PREÇO: R$ 74,90.
DISPONÍVEL EM:  www.raiseeditora.com

 

 

Pot-Limit Omaha Avanšado - Vol. II
R$53,40
3x sem juros de R$ 17,80
Small Stakes Hold'em
R$47,90
3x sem juros de R$ 15,97
Card Player Brasil - Ed 110
R$14,90
3x sem juros de R$ 4,97
 

Entre em contato conosco pelo telefone 31 3225-2123 ou envie um e-mail para contato@raiseeditora.com
Sede: Rua Stela de Souza, 54 - Sagrada Familia - Belo Horizonte/MG - CEP: 31030-490

NAVEGUE PELO SITE:
Home - Loja - Reviews - Noticias - Guia de Poker - Quem Somos - Duvidas - Contato - Revista Card Player Brasil
® 2007 - 2017 Raise Editora - www.raiseeditora.com          EV SSL Certificate